• PT
  • EN
  • FR

A Presidente da Academia Olímpica de Cabo Verde, Maria Eduarda Vasconcelos, estará de 14 a 16 deste mês a representar Cabo Verde, na Assembleia Eletiva da Associação de Academias Olímpicas Nacionais Africanas (AANOA), com lugar em Túnis, na Tunísia.

Esta que será mais uma assembleia da associação terá na agenda o debate sobre os planos e atividades a serem desenvolvidas pela organização nos próximos anos.

Em conversa com a Presidente da AOC, a dirigente afirmou que “em primeiro lugar regozijamos com o convite feito a AOCV pela AANOA, visto termos entrado nessa Associação no ano passado. Veio da parte do Sr. Presidente Dr.Ridha LAYOUNI após termos trabalhado juntos em Atenas-Olimpia, no encontro anual dos Presidentes das Academias Olímpicas de todo mundo”.

Quanto às perspetivas da participação de Cabo Verde nesta assembleia eletiva, Maria Eduarda realça que é sempre positiva, uma grande oportunidade de conseguir contatos, e para também agarrar oportunidades de maior valia para o País.

Eduarda Vasconcelos deverá fazer ainda uma pequena intervenção sobre o desporto e o Olimpismo em Cabo Verde, afunilando na ainda jovem Academia Olímpica Cabo-verdiana.

“Algo importante também a defender nessa reunião será a nossa candidatura a um concurso para uma subvenção da AANOA, cujo projeto Desportivo teria que enaltecer a defesa dos Valores Olímpicos, fomos selecionados entre 11 Países Africanos tendo só 2 são Lusófonos, CV e São Tome”, acrescenta a Presidente.

A Academia Olímpica Cabo-verdiana foi fundada no ano de 2015. Ainda muito recente tem feito o seu papel na divulgação dos valores olímpicos no ambiente académico.

As inscrições para as aulas de Francês para dirigentes, treinadores e árbitros, promovidas pelo Comité Olímpico Cabo-verdiano, já se encontram abertas nas diferentes Federações desportivas do país, com o objetivo de oferecer mais uma ferramenta a esses agentes desportivos, no que tange à comunicação e o desenvolvimento profissional do desporto.

O curso que irá decorrer na sede do Comité Olímpico Cabo-verdiano, no período pós-laboral, será ministrado com voluntário francês Leo Moreau, e terá a duração de seis meses a partir do dia 23 deste mês.

Para se inscrever os agentes deverão preencher um formulário nas respetivas Federações desportivas, até o dia 17, quando serão encerradas as inscrições.

Recorde-se que o voluntário Leo Moreau encontra se em Cabo Verde fruto de uma cooperação entre o Comité Olímpico Cabo-verdiano e o Comité Olímpico Francês, com o propósito de promover a francofonia no seio do desporto cabo-verdiano.

Antes da sua vinda para Cabo Verde o voluntário esteve no Brasil, onde trabalhou na administração pública do estado de Minas Gerais, tendo desenvolvido projetos de cooperação entre escolas e a organização olímpica inglesa, para fomentar o inglês, naquela região durante os Jogos Olímpicos.

Leo Moreau é formado em Relações Internacionais, Ciência Politica e Letras.

 

O Doutor cabo-verdiano, Nuno Martins, irá representar o país na Conferência do Comité Olímpico Internacional (COI), sobre prevenção de lesões e doenças no desporto, com lugar em Mónaco, de 16 a 18 deste mês. Esta participação enquadra-se na pós-graduação que o Doutor está a realizar em IOC Medical Diploma, lecionado on-line.

Nuno Martins que é membro da Comissão médica do Comité Olímpico Cabo-verdiano fará a sua participação, com o objetivo de trazer na bagagem mais conhecimentos, no que se designa à matéria da medicina desportiva.

De realçar que depois desta participação, o doutor irá compartilhar esta e outras experiências, num dos projetos que o COC tem em mente realizar ainda este ano em Cabo Verde.

Esta conferência em que participa é renovada a cada três anos, reunindo eminentes especialistas internacionais em prevenção de lesões e doenças, para colaborar e compartilhar as últimas descobertas e opiniões sobre a melhor forma de proteger o bem-estar dos atletas dentro e fora das competições.

 

A Comissão Mulher e Desporto do Comité Olímpico Cabo-verdiano (CMDCOC) vai organizar, no dia 25 de Março, o "I Fórum Nacional Mulher e Desporto", com o propósito de chamar a atenção das várias camadas sociais, para a a participação feminina no desporto. O fórum terá lugar no auditório da Universidade Jean Piaget de Cabo Verde, das 09:00 às 17:00 horas.

Este Fórum encontra-se enquadrado nas comemorações do Dia da Mulher Cabo-verdiana, e será um marco para o desporto no feminino em Cabo Verde.

O evento, suportado pela Solidariedade Olímpica, terá na agenda o debate de vários subtemas, de modo a alcançar os mais diversos polos dentro do desporto no feminino. A conferência de abertura será feita pela representante da Associação Mulher e Desporto de Portugal, que irá a abordar o tema "A promoção da mulher no e através do Desporto", moderada pela Presidente da ICIEG, Rosana Almeida, seguido de várias mesas redondas durante o dia.

"A visão da mulher e do desporto em Cabo Verde", "As estatísticas da participação da mulher no desporto", "A presença da mulher desportista nos media cabo-verdianos" e "A história da Educação Física em Cabo-verde/ a contribuição da mulher e dos jovens", serão os painéis da primeira mesa redonda que conta com os apresentadores, Cristina Ferreira, Presidente da CMDCOC, Simão Rodrigues jornalista, e Rute Alinho ex-professora de educação física. Essa mesa redonda será moderada por Carlos Santos, Director da Agência Cabo-verdiana de notícias Inforpress.

O testemunho de atletas femininas que já participaram em diversas competições ao mais alto nível será também um dos pontos deste evento, com Artemísia Sequeira, atleta do desporto adaptado, Wânia Monteiro, atleta olímpica, e Gabriela Borges ex-atleta de várias modalidades, a compartilharem as suas experiências no mundo desportivo.

Na parte da tarde mais uma mesa redonda será realizada com sob a âncora da "Liderança feminina no desporto" com vários oradores desde Graça Sanches, Assunção Semedo, Albertina Monteiro até Maria Graça, sob a moderação da representante da ONU Mulheres em Cabo Verde, seguido de debate.

Ainda na agenda "Os desafios de ser uma atleta na África", apresentado pela ex-atleta Olímpica e presidente da Comissão de Atletas da Zona II africana, Kady Kanouté, moderada pela primeira atleta olímpica de Cabo Verde, Isménia Frederico.

Por último a conferência será encerrada com a apresentação da Presidente do COC, Filomena Fortes, que fará uma exposição sobre "O género e o desporto em Cabo Verde - atualmente e perspetivas para o futuro".

O I Fórum Nacional do Desporto contará também com várias personalidades cabo-verdianas e os voluntários do Comité Olímpico de todas as ilhas do país.

Confira o programa do evento abaixo.

Programa do Fórum Mulher e Desporto

 

 

Os voluntários do Comité Olímpico Cabo-verdiano e formandos do projeto VerdeOlympics, da ilha do Maio, estarão nos dias 11 e 18 deste mês envolvidos na organização da 3ª edição da “Taça Os Titânios”, promovida pela escola de futebol que dá nome ao torneio.

A terceira edição irá colocar em disputa crianças dos escalões sub 9, sub 11 e sub 13, na localidade de Calheta, com o objetivo de competir, mas também na criação de valores da amizade, respeito pelo adversário e ética desportiva.

Os voluntários do Comité Olímpico têm estado na ativa desde a passagem do projeto VerdeOlympics pela ilha, que os capacitou na organização de eventos desportivos, com mínimo de recursos financeiros possíveis.