• PT
  • EN
  • FR

darioDário Furtado já se encontra em Cabo Verde depois da sua formação de treinador “Cycle International du Sport d'elite Lausanne (CISeL)”, inserido no programa Bolsas Olímpicas para Treinadores, na Suiça. 
Uma formação, que de acordo com o Comité Olímpico de Cabo Verde, deu ao ex-internacional cabo-verdiano, de 36 anos, grande experiência para colocar em prática em Cabo Verde.

Um dos grandes craques do futebol nacional, Dário vestiu por vários anos a camisola do Sporting da Praia.

O jogador ajudou os leões na conquista de vários títulos regionais e nacionais.

atletinhaOs cinco Pólos Educativos do concelho competirão nas provas de futsal masculino e feminino, andebol masculino e feminino e provas de atletismo, nomeadamente, corrida velocidade, estafeta mista, salto em comprimento e velocidade com barreiras. Quanto às inovações para a presente edição, a coordenação da Educação Física e Desporto escolar da Delegação do MED, introduziu o voleibol e actividades relacionadas ao projecto “Brincar ao Atletismo”.

Na abertura oficial dos jogos escolares que aconteceu ontem à tarde no polidesportivo de Achada Grande, registaram-se os seguintes resultados: em futsal masculino, o Pólo IV de Relva venceu o Pólo V de Feijoal por 7 bolas a 5, em futsal feminino, as alunas de Feijoal venceram por duas bolas sem resposta. Já em andebol, os meninos do Pólo IV venceram por 11-6 e as meninas de Feijoal venceram por 10-5.

Edy Walter Tavares, “Big Edy”, foi mais uma vez o centro da atenção antes do jogo do campeonato da Liga Endesa, primeira liga espanhola de basquetebol, do Herbalife Gran Canaria frente ao Zaragoza.

O Pivô, de 2.20 metros de altura, recebeu o prémio “CANARIAS7-Pepe Moriana Santisteban” - melhor jogador do Herbalife Gran Canaria durante a fase regular do campeonato.

O gigante cabo-verdiano, que se tornou em um menino da casa em Gran Canaria, foi a escolha unânime para o MVP dos adeptos do “Granca” que aplaudiram entusiasmados quando o nome do jogador foi chamado para o centro do estádio.

Eddy fez-se acompanhar pela mãe e pela namorada.

Recordamos que as boas exibições do internacional cabo-verdiano impressionou os responsáveis do Atlanta Hawks, clube que o escolheu na 43ª posição do sorteio da NBA. O clube norte-americano mostra interesse em integrar o maense já na próxima temporada.

Fonte: Crilosports

edy walter

victorO presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), Victor Osório, garantiu hoje à Inforpress que a selecção vai jogar partidas de qualificação para a CAN’2017 em outras ilhas do país, desde que os relvados estejam certificados.

“Posso garantir que os jogos em casa desta qualificação para a CAN’2017 não serão disputados todos na Cidade da Praia, pois a ideia é levar a seleção a outros pontos do território nacional”, lançou o presidente da FCF, numa alusão às partidas com a Líbia e Marrocos.

Relativamente ao processo de certificação do novo relvado do Estádio Adérito Sena, em São Vicente, Victor Osório disse estar na posse de informações que “não pode disponibilizar à impressa” neste momento, mas que o dossiê “ainda não está completo”.

“Certamente que a FIFA fará mais uma missão à São Vicente, pois a certificação envolve diversas etapas, mas trata-se de um processo normal, já que há necessidade de mais equipamentos, por exemplo”, salientou a mesma fonte, que informou que a ilha do Sal vai também ter relvado novo no Estádio Marcelo Leitão.

“Posso deixar a garantia que a selecção vai jogar esta fase de qualificação em outros pontos do território nacional”, concluiu Victor Osório.

Os primeiros testes para certificação dos relvados do Estádio Adérito Sena e dos Centros de Estágios da FCF foram efectuados no passado mês de Fevereiro, sob a responsabilidade de uma equipa do laboratório do departamento de têxteis da Universidade de Gent (Bélgica), coordenado por Filip Motte.

Naquela ocasião, o gestor do Estádio Adérito Sena, Júlio Brito, explicara à Inforpress que a equipa da Universidade de Gent (Bélgica) promoveu uma bateria de testes nos dois relvados que integrou resistência da relva, níveis de borracha e areia, piso (base), verificação das medidas da área de jogo e de segurança, circulação e ressalto de bola e temperatura.

O Estádio Adérito Sena, agora dotado de um piso sintético Fieldturf Optimum, 60mm, monofilamento de 3ª Geração, passou a ter uma área total de implementação de relva de 111 metros x 74 metros, e uma área de jogo com 105 metros x 68 metros, a medida máxima da FIFA, o organismo que rege o futebol a nível mundial.

O Centro de Estágio, que se localiza paredes-meias com o “Adérito Sena”, por seu lado, foi dotado de um relvado da marca Fieldturf Prestige XM6, 50 mm, monofilamento de 3ª Geração, com 104 metros x 67 de área total de implementação da relva e uma área de jogo de 100 metros x 63 metros.

Os mindelense aguardam, assim, notícias da FIFA sobre a certificação para que os jogos da selecção de Cabo Verde regressem à ilha de São Vicente, cuja população, “sempre soube” acarinhar os “Tubarões Azuis”.

FONTE: inforpress