• PT
  • EN
  • FR

A Coach Gabriela Muller está a desenvolver um programa de acompanhamento das participantes deste workshop por todo o mundo e Cabo Verde também encontra-se incluído. 

Um dos objetivos deste wokshop on-line é partilhar as boas praticas, nos países por onde as sessões de liderança feminina no desporto aconteceram este ano.

Neste sentido haverá uma sessão para países africanos em espanhol, no dia 24 deste mês, ao vivo com a coach, de acordo com a hora local de cada país, tendo como referencia o horario da Europa central, pelas 08h00 da manhã.

Haverá mais uma sessão para todos os continentes no dia 08 de Setembro pelas 14:00 da Europa central.

Para participar o link abaixo está disponível para reservar o seu lugar.

https://www.crowdcast.io/e/thn3tyb9/register

 

Não deixem de participar pois será uma sessão muito importante.

 

ATENÇÃO: Todas as participantes do Workshop de Liderança feminina no desporto que teve lugar no mês de Março na Cidade da Praia.
A Coach Gabriela Muller está a desenvolver um programa de acompanhamento das participantes deste workshop por todo o mundo e Cabo Verde também encontra-se incluído.
Um dos objetivos deste wokshop on-line é partilhar as boas praticas nos países por onde a sessão de liderança feminina no desporto aconteceram.
Neste sentido haverá uma sessão para países africanos em Espanhol, no dia 24 deste mês, ao vivo com a coach, de acordo com a hora local.
Para participar o link abaixo está disponível para reservar o seu lugar.
https://www.crowdcast.io/e/thn3tyb9/register
Não deixem de participar pois será uma sessão muito importante.

 

O Comitê Olímpico Cabo-verdiano (COC), através do seu programa 1.9 - Bolsa de Formação Jornalistas Desportivos, está a oferecer a oportunidade de participação no terceiro ciclo para o Programa de Jovens Repórteres do COI, um programa de treino em jornalismo desportivo que será realizado durante os Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires 2018.

A iniciativa dos Jovens Repórteres irá levar 30 jovens repórteres dos cinco continentes para os Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires (Argentina), de 06 a 18 de Outubro de 2018, com o programa de 30 de Setembro a 19 de Outubro de 2018.

Os jovens repórteres terão acesso a todas as competições, trabalharão e treinarão no Centro de Imprensa Principal com todos os outros meios de comunicação credenciados e recebem treino de média especializado e intensivo por parte dos jornalistas olímpicos seniores.

Para ser candidato o jovem jornalista deverá preencher os seguintes requisitos:

• Idade entre 18 e 24 anos (até dia 30 de Setembro de 2018)
• Estudará jornalismo na faculdade ou estará trabalhando como repórter
• Ter proficiência em inglês
• Ter um portfólio (currículo Vitae) e referências
• Disponível para participar da duração total do treinamento

Ao todo serão quatro participantes de cada continente (África, Américas, Ásia, Oceânia e Europa) sendo dois (2) homens e duas (2) mulheres de cada continente.

Os selecionados serão acompanhados por quatro jovens repórteres da Argentina (o país anfitrião para os Jogos Olímpicos da Juventude de 2018) e dois da Suíça (país anfitrião dos Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno de Lausanne 2020).

Para inscrever: http://tinyurl.com/YRP2018

CANDIDATURA VÁLIDAS ATÉ DIA: 15 de Outubro de 2017.

ANÚNCIO DE VAGAS A: 12 de Dezembro de 2017 (após uma entrevista individualizada em inglês e processo de verificação com todos os candidatos).

Imagem: olympic.org

A Associação de Comités Olímpicos Nacionais Francófonos (AFCNO) anuncia, através do Comité Olímpico Cabo-verdiano (COC), a abertura de candidaturas para a segunda edição do curso avançado de treinadores francófonos, cujo cabo-verdiano Lúcio Antunes, participou na primeira edição, em 2016.

Esta segunda edição acontece de 16 a 20 Outubro de 2017, na França e as candidaturas deverão ser feitas pelo link: http://tinyurl.com/afcno2017 até o dia 15 de Agosto.

O curso é realizado em francês e não haverá serviços de tradução.

Condições para candidatura: 
- Ser um treinador de alto nível com apoio de uma federação Nacional associada do COC
- Ter menos de 40 anos
- Ter experiência comprovada na área do treino

A bolsa de formação inclui:
- Viagem até França e transportes Internos
- Alimentação e Alojamento durante a formação.

Nota: Despesas com Vistos e Ajudas de custo não estão incluídas.

 

O Centro de Medicina Desportiva da Praia (CMDP), através da gestão do Estádio Nacional, realizou hoje, um workshop em nutrição para o desporto, no pavilhão Vává Duarte, cidade da Praia, pelas 14:00 horas. Esta iniciativa do CMDP conta com a parceria do Comité Olímpico e da Direção-Geral do Desportos.

Este evento denominado “Comer para competir”foi conduzido pela nutricionista Madalena Ortigão (Mestre em Nutrição Clinica) e visa alargar e dar aos atletas e interessados no desporto, diretrizes no que diz respeito a alimentação ideal para praticantes do desporto, dentro das possibilidades do país. A formação está enquadrada pelas diretivas do Comité Olímpico Internacional para a área da Nutrição.

A importância deste workshop é reconhecido pelo promotor como essencial para a vida dos praticantes do desporto, já que a alimentação é um dos fatores mais importantes para o desenvolvimento do rendimento desportivo de um atleta.

Há 21 anos Cabo Verde fazia a sua primeira participação no maior evento desportivo do mundo, os Jogos Olímpicos de Atlanta 1996, seis anos após a fundação do Comité Olímpico Cabo-verdiano e seu reconhecimento pelo Comité Olímpico Internacional.

Cabo Verde estreou-se com a atleta Isménia Frederico, que Competiu no dia 26 de Julho, no "Heat 5" / Round 1, nos 100 metros.

Esta comitiva era representada por 4 atletas: Henry Andrade, António Zeferino, Isménia Frederico e Alfa Yaya, sendo que este último não chegou a competir.

Desde estão em todas as edições já realizadas Cabo Verde esteve presente, e a mais recente participação foi no Rio de Janeiro 2016, com a maior comitiva de sempre (19 pessoas, sendo cinco atletas) e onde os resultados foram bem animadores, com Jordin Andrade a ir mais longe, chegando as semi-finais dos 400 metros barreiras.