• PT
  • EN
  • FR

O Comité Olímpico Cabo-verdiano (COC) começa, a partir da próxima semana, 24 de Abril, a executar o projeto M-Olympics, que tem como propósito estimular e promover a equidade de género no desporto em Cabo Verde. O workshop piloto do projeto vai decorrer no Tarrafal de Santiago, mas promete paragem em todas as ilhas do país.

Este projeto surge na sequência do Fórum Mulher e Desporto realizado em 25 de Março deste ano, e em continuidade com o projecto “Verdeolympics”, pré-escolhido pelo Comité Olímpico Internacional como exemplo para os outros Comités Olímpicos do mundo, pela utilização do desporto como ferramenta para a preservação ambiental, ao usar materiais reciclados como equipamentos na realização de eventos desportivos.

Seguindo esta linha, um workshop com duração de cinco dias será realizado em todas as ilhas habitadas do país, seguido de um evento desportivo com várias modalidades desportivas em um só local, organizado pelos formandos do projeto.
Várias temáticas estão em agenda para a discussão nestes workshops que vão desde o olimpismo, os benefícios do desporto, a criação de projetos desportivos, até a participação feminina no desporto.

Para a realização deste projeto financiado pela Solidariedade Olímpica, o Comité Olímpico realizou no último mês um workshop sobre a “Liderança feminina no desporto”, onde foram ministradas técnicas de empoderamento de mulheres, para concorrerem a cargos de liderança no sector desportivo, e que também servirão de pontos focais para concretização do projeto e assim promover a equidade de género no Desporto em Cabo Verde.

Para participar dos workshops e dos eventos basta contactar a responsável pelo projeto, Ivete Rosa, pelo nº 5200701 ou por e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. As inscrições são limitadas.