• PT
  • EN
  • FR

A Federação Italiana de Esgrima entregou, esta manhã, de materiais desportivos de Esgrima às Forças Armadas de Cabo Verde, na sede a instituição com o intuito de encorajar o desenvolvimento da disciplina desportiva em Cabo Verde.

O ato contou com a presença do Ministro da Defesa, Luís Filipe Tavares, que desafiou as Forças Armadas, depois da entrega, para que se realize muito em breve um torneio de Esgrima, no seio militar, com vista a servir de espelho a todos os jovens e toda a sociedade cabo-verdiana, no intuito de enraizar a modalidade no país.

O mesmo elogiou o trabalho desenvolvido pelo Comité Olímpico Cabo-verdiano em encorajar a prática de novas modalidades Olímpicas em Cabo Verde, e mostrou total apoio do seu gabinete para o desenvolvimento da Esgrima no arquipélago, através das Forças Armadas.

Por sua vez o Chefe do Estado Maior das Forças Armadas, MG Anildo Morais, mostrou se agradecido pela doação destes materiais desportivos e prometeu introduzir a modalidade o mais rápido possível entre os militares.

O Presidente da Federação de Esgrima, Giorgio Scarasio, falou da importância desta cooperação e deixou saber também da abertura para acolher futuros monitores para formação na Itália.

Ontem o Presidente esteve de visita ao Estádio Nacional, em Monte Vaca, onde recebeu a expetativa dos responsáveis em sediar a primeira escola de esgrima do país.

Esta doação de materiais surgiu de vários contactos que esta Federação italiana fez com o Comité Olímpico Cabo-verdiano, através da Associação de Amizade Itália Cabo Verde, a Kriolitá.

A Esgrima é uma modalidade que surgiu genuinamente do seio militar e por este motivo a escolha das Forças Armadas para impulsionar a modalidade no país.